George Soares prestigia transmissão de cargo de superintendente regional da PRF - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

quarta-feira, 8 de maio de 2019

George Soares prestigia transmissão de cargo de superintendente regional da PRF


O deputado Estadual e presidente em exercício da Assembleia Legislativa, George Soares, representou o legislativo potiguar, nesta quarta-feira (08), no evento da transmissão do cargo da Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que será exercido a partir de agora pelo superintendente Djairlon Henrique Moura. Além do deputado, estiveram presentes na ocasião representantes do Governo do Estado, da Prefeitura Municipal, da Justiça Federal, da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social, das Forças Armadas e o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado.

“Em nome da Assembleia Legislativa, gostaria de parabenizar o policial Adriano Furtado pelo excelente trabalho desempenhado à frente da Superintendência da Polícia Federal e desejar toda sorte ao superintendente regional Djairlon, este jovem e competente profissional, já com 20 anos de PRF, frente ao novo desafio”, falou o deputado George Soares.

O novo superintendente, Djairlon Moura, discursou na ocasião sobre os esforços empreendidos pela PRF no enfrentamento ao crime e apresentou dados sobre as ações realizadas pela polícia rodoviária no Rio Grande do Norte nos últimos dez anos. “No RN, a instituição obteve excelentes resultados na última década e aqui destaco a gestão de todos os superintendentes que passaram. Foram retirados de circulação aqui no Estado, pela PRF, 3 toneladas de maconha, mais 190 quilos de cocaína, 613 armas de fogo, além da realização da prisão de 8 mil pessoas”, disse.

O policial também mencionou os esforços que estão sendo empreendidos pela PRF no estado, em 2019, já na gestão que se inicia. “Neste ano, solicitamos dados junto à SESED, especialmente considerando os homicídios ocorridos entre 2017 e 2018 e identificamos manchas criminais, o que foi decisivo para direcionar o percentual e a capacidade operacional da PRF para reforçar essas áreas com maiores taxas de homicídio”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner