Manifestação em apoio a Bolsonaro cria atrito no PSL - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

domingo, 19 de maio de 2019

Manifestação em apoio a Bolsonaro cria atrito no PSL


Parlamentares do partido divergem sobre a convocação de protesto para o dia 26 de maio. Janaína Pachoal fez as críticas mais duras: disse que, se as ruas não lotarem, presidente terá de "parar de fazer drama para TRABALHAR", — assim mesmo, em caixa alta.

Articulada como resposta a uma suposta conspiração que estaria impedindo o presidente de governar, uma manifestação convocada para o próximo dia 26 a favor de Jair Bolsonaro já causa racha dentro de seu próprio partido, o PSL. Janaina Paschoal, deputada estadual de São Paulo pela sigla, fez duras críticas ao presidente e à convocação do ato. Ela disse nas redes sociais, neste domingo, que Bolsonaro vai ter de "parar de fazer drama para TRABALHAR!", caso as ruas não lotem de apoiadores seus. E ainda sugeriu que ele cria "o caos" ao endossar os protestos chamados por correligionários.

"Essas manifestações não têm RACIONALIDADE. O Presidente foi eleito para GOVERNAR nas regras democráticas, nos termos da Constituição Federal. Propositalmente, ele está confundindo discussões democráticas com toma-lá-dá-cá", afirmou Paschoal em uma série de mensagens no Twitter.

Ela não poupou os parlamentares que têm se engajado no ato: "Não tem cabimento Deputados eleitos legitimamente fugirem das dificuldades de convencer os colegas (ser Parlamentar é difícil) e ficarem instigando o povo a gerar o caos". Paschoal disse que o movimento vem deixando as pessoas "apavoradas" por acreditarem que Bolsonaro "está correndo risco".

"Mas quem o está colocando em risco é ele, os filhos dele e alguns assessores que o cercam. Acordem! Dia 26, se as ruas estiverem vazias, Bolsonaro perceberá que terá que parar de fazer drama para TRABALHAR!", escreveu a deputada.

Sem fazer menções à manifestação convocada por apoiadores, o presidente usou ontem as redes sociais para agradecer pela hashtag "#BolsonaroNossoPresidente", que ficou entre as primeiras do Twitter. "Retribuo e ressalto que somente com o apoio de todos vocês poderemos mudar de vez o futuro do nosso Brasil", emendou Bolsonaro, que vem sendo cobrado por resultados, sobretudo na interlocução com o Congresso pela reforma da Previdência.

Por Época

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner