General Santos Cruz deixa ministério; general Ramos será o substituto - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

quinta-feira, 13 de junho de 2019

General Santos Cruz deixa ministério; general Ramos será o substituto


O presidente Jair Bolsonaro demitiu nesta 5ª feira (13.jun.2019) o general Carlos Alberto dos Santos Cruz. O agora ex-ministro comandava a Secretaria de Governo da Presidência da República. Ele será substituído pelo General de Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, até então comandante militar do Sudeste.

A decisão de Bolsonaro foi tomada por uma “falta de alinhamento político-ideológico” e conflitos com outros integrantes do próprio governo.

Em carta divulgada às 18h48 na conta da Secretaria de Governo no Twitter (eis a íntegra), Santos Cruz confirma o afastamento “por decisão” de Bolsonaro, agradece a funcionários da pasta, congressistas, governadores, imprensa, integrantes do Judiciário e ao próprio presidente e seus familiares: “desejo saúde, felicidade e sucesso”.

Esta é a 3ª baixa do governo, a 1ª da ala militar. Bolsonaro também demitiu Gustavo Bebianno (Secretaria Geral), em meio a 1 suposto esquema de candidaturas-laranja, e Ricardo Vélez Rodríguez (Educação), por falhas no período que ficou à frente da pasta.

Santos Cruz foi comunicado da sua demissão durante reunião com o presidente. Também participaram do encontro os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Em maio, o general foi 1 dos principais alvos de ataques da ala do governo ligada ao escritor Olavo de Carvalho.

O Planalto ainda não se manifestou sobre a saída de Santos Cruz.

General Ramos

Nascido no Rio de Janeiro, general Ramos está no Exército desde 8 de março de 1973. Além de comandante militar do Sudeste, também já foi comandante da 11ª Região Militar, em Brasília e atuou como force commander [comandante da parte militar] da missão da ONU no Haiti.

Por Poder360

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner