Morre o historiador e escritor Lenine Pinto - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

domingo, 23 de junho de 2019

Morre o historiador e escritor Lenine Pinto


Morreu, na madrugada deste domingo, 23, em decorrência de complicações causadas por uma pneumonia, o historiador Lenine Pinto, de 89 anos. Ele estava internado no Hospital São Lucas, na zona Leste de Natal. O comunicado sobre a morte do pesquisador foi divulgado na manhã deste domingo pela Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANRL), instituição da qual fazia parte como membro desde 2003.

De acordo com o comunicado, o velório do pesquisador ocorrerá a partir das 10h deste domingo, no Centro de Velório do Grupo Vila na Rua São José, no Barro Vermelho. A cerimônia de cremação será na segunda-feira, 24, restrita aos familiares de Lenine Pinto.

Ao longo da carreira, Lenine se dedicou às pesquisas sobre história de Natal na 2ª Guerra Mundial e uma nova tese sobre o marco do Descobrimento do Brasil. Principal defensor da tese de que o Brasil foi “descoberto” pelo Rio Grande do Norte e autor de diversos livros sobre o passado de Natal, o historiador Lenine Pinto estava internado em estado grave na UTI da Casa de São Lucas. Segundo informações da Academia Norteriograndense de Letras (ANRL), da qual era membro desde 2003, Lenine foi hospitalizado no dia 22 de maio – 10 dias após completar 89 anos. O quadro era de pneumonia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner