Telegram não admitiu que mensagens divulgadas da Lava Jato foram alteradas - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

domingo, 23 de junho de 2019

Telegram não admitiu que mensagens divulgadas da Lava Jato foram alteradas


Em uma imagem que circula pelas redes sociais, o aplicativo de mensagens Telegram teria “admitido” que as mensagens divulgadas pelo portal The Intercept Brasil entre o ministro Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, da operação Lava Jato, foram adulteradas.

“COMUNICADO: brasil, 11/06/2019: informamos a todos, que conferindo nossos arquivos das conversas, entre autoridades do brasil [sic], admitimos que foram mudadas o textos por rackers, [sic] e não corresponde a [sic] verdade, já providenciamos a documentação para qualquer informação para as autoridades do brasil [sic], assim que convocados”, teria publicado a empresa em sua conta oficial do Twitter. O print tem circulado por aplicativos de mensagem e pelo próprio Twitter, com manifestações de apoio ao ministro da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner