Família acredita que o mecânico morto em Caicó reagiu a assalto: ‘Não tinha inimigos’ - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

domingo, 14 de julho de 2019

Família acredita que o mecânico morto em Caicó reagiu a assalto: ‘Não tinha inimigos’


O trágico crime que aumentou a estatística de crimes violentos na cidade de Caicó ocorrido na noite desse sábado próximo à passagem molhada que dá acesso ao bairro Soledade, Zona Oeste da cidade, é tratado como tentativa de assalto pela polícia e especialmente pela família de Vanderley Santos, conhecido como Péo.

Pessoas que estiveram na cena de crime também acreditam na versão de tentativa de assalto porque o veículo (uma moto Honda que chegou a ser levada pelos bandidos e abandonada bem próximo onde a vítima ficou caída) tinha alarme, fazendo os suspeitos o abandonarem a poucos metros dali. Polícia também vê reação da vítima.

Em meio à investigação em curso, uma informação dada por amigos da vítima vai ajudar a polícia a montar o quebra-cabeça deste crime: É sabido que o mecânico Vanderley tinha afirmado na semana passada que ninguém levava sua moto porque ele ia reagir, e infelizmente agora temos um fato consumado. "Teria ele reagido?".

"Não tinha inimigos". Foi com essa frase que uma familiar do mecânico assassinado ontem iniciou a conversa com o blog Jair Sampaio neste domingo, afirmando que não é de conhecimento da família que Vanderley possuísse inimigos, isso vai alimentar a linha investigativa que conduz o caso para tentativa de roubo e homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner