Liberar plantio de maconha vai abrir porta para consumo generalizado, diz ministro - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Liberar plantio de maconha vai abrir porta para consumo generalizado, diz ministro


Liberar a plantação de Cannabis com intuito de pesquisa e produção de medicamentos no Brasil deve abrir as portas para o consumo generalizado, conforme disse o ministro da Cidadania, Osmar Terra, nesta terça-feira (9).

"É o começo da legalização da maconha no Brasil. Se abrir as portas do plantio, vai abrir as portas do consumo generalizado. A proibição mantém de alguma maneira controlado esse processo", afirmou o ministro.

O ministro que está a frente de mudanças recentes que tornaram mais firmes a política de drogas, a proposta em discussão na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deverá fazer com que suba os níveis de dependência química entre jovens, segundo a Folha de São Paulo.

A Anvisa, vem informando que a regulação vai ser direcionada apenas para empresas de pesquisa e produção de remédios à base da planta, baseada em critérios de segurança e sem espaço para outros produtos ou uso recreativo. A venda de remédios também deve ser controlada, informa.

Terra compreende diferente. " Se não controla proibindo, imagina controlar no detalhe?", afirmou durante audiência pública no Senado sobre o uso medicinal da Cannabis.

A Anvisa pretende que o cultivo seja feito por empresas em locais fechados e com acesso controlado por biometria e variados dispositivos de segurança. Também estão previstas cotas de plantio e monitoramento por órgãos como a Polícia Federal.

Nesta terça-feira (9), a diretoria da Anvisa aprovou o acontecimento de uma audiência pública para debater o tema. A reunião está agendada para a o dia 31 de julho. A ideia é coletar mais subsídios para regulamentação do plantio no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner