Câmara reembolsa deputado Misael em R$ 43 mil por viagem em 1ª classe - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Câmara reembolsa deputado Misael em R$ 43 mil por viagem em 1ª classe


A Câmara dos Deputados reembolsou em R$ 43.968,90 o deputado mineiro Misael Varella (PSD) por uma viagem de ida e volta em primeira classe para Macau, região administrativa da China. É a passagem mais cara desembolsada no primeiro semestre do ano por deputados federais, que no período gastaram R$ 19,4 milhões com viagens de avião. 

A informação foi encontrada pelo UOL em uma planilha repassada pela ONG Ranking dos Políticos com os gastos dos deputados federais com passagens de avião para atividade parlamentar nos seis primeiros meses de 2019.

Misael é o 3º vice-presidente da Comissão de Seguridade Social e Família e, por isso, recebeu um convite da CIM (Confederação Internacional das Misericórdias) para o evento "O Papel das Políticas Sociais e de Saúde na Proteção da Infância, Juventude e Envelhecimento", que aconteceu entre 12 e 18 de maio em Macau. 

A carta que chegou ao mineiro diz que, "dada a proximidade do evento, infelizmente não nos é possível suportar qualquer custo da participação de V Exa.". Embora o convite tenha sido assinado em 7 de maio, Misael já havia emitido as passagens no mês anterior, em 16 de abril.

"A autorização e convite para a missão foram enviadas às vésperas do evento, impossibilitando o planejamento com antecedência da viagem", informou o deputado. 

Por meio de nota, ele afirma que sua motivação para ir a Macau foi dar "continuidade ao trabalho feito na área da saúde por seu pai", o ex-deputado Lael Varella, "idealizador do Hospital do Câncer de Muriaé", uma entidade filantrópica. "O deputado esteve no congresso para debater soluções para a defasagem na tabela SUS e a grave crise da saúde em Minas." 

Misael passou nove dias entre Dubai --onde ficou de 10 a 12 de maio-- e Macau. Para comparar, o UOL cotou uma passagem com antecedência parecida, mesmo trajeto e dias de viagem. 

Se o deputado reservasse um lugar na classe econômica entre 4 e 13 de setembro, pagaria R$ 5.714 pela Emirates Airlines, a mesma companhia que cobrou R$ 43,9 mil pela primeira classe. A cotação de uma passagem na primeira classe, no entanto, é ainda mais cara agora: R$ 47.876 por 33 horas de viagem.

Por UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner