Pesquisa propõe reutilização de esgoto residencial para produção de biocombustível - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

sábado, 23 de novembro de 2019

Pesquisa propõe reutilização de esgoto residencial para produção de biocombustível


Mais de nove toneladas de esgoto são produzidas no Brasil diariamente e 45% disso é descartado em qualquer lugar, sobretudo nos nossos mananciais, causando poluição e resultando em uma série de problemas ambientais e de saúde.

Segundo o Instituto Trata Brasil, isso equivale a quase 6 mil piscinas olímpicas de água despejadas na natureza. Acontece que esse material, rico em propriedades orgânicas, tem enorme potencial econômico. Se fosse tratado, poderia retornar para muitas torneiras, virar adubo, irrigar áreas cultiváveis ou mesmo ser transformado em energia, como propõe o engenheiro Thiago Silva.

Ele desenvolveu um sistema capaz de fazer a separação do esgoto e extrair óleo dos resíduos sólidos, que pode ser usado para a produção de biocombustível. Baseado no conceito de Internet das Coisas, o projeto consiste em um conjunto de duas centrífugas que se unem e operam sequencialmente. A primeira separa a fase sólida da fase líquida, ou seja, agrupa os restos de alimentos e dejetos para que eles se distanciem da água e do óleo presentes na mistura. Na segunda, a fase líquida composta por água e óleo é processada com a finalidade de separar esses dois componentes, resultando em água industrial e óleo para a produção de biocombustível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner