Corregedora-Geral da Defensoria é reconduzida para o biênio 2020-2021 - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Corregedora-Geral da Defensoria é reconduzida para o biênio 2020-2021


A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte empossou nesta quarta-feira (15) a sua Corregedora-Geral da instituição para o biênio 2020-2021. A atual Corregedora-Geral, a defensora pública Erika Karina Patrício de Souza, foi reconduzida ao cargo. A solenidade de posse foi realizada no auditório da sede administrativa da Defensoria Pública, em Lagoa Nova.

O Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Vinicius Soares Alves, abriu a solenidade saudando os presentes e registrando a felicidade em ter conduzido a instituição nos últimos anos contando com o apoio da Corregedoria como membro ativo da Administração Superior. O gestor, que também foi reconduzido ao cargo, ainda desejou a Corregedora-Geral sucesso nas novas missões.

Após tomar posse oficialmente no cargo, a Corregedora-Geral da Defensoria falou aos colegas defensores, servidores e estagiários da instituição e a sua família registrando o apoio que recebeu na gestão passada e a satisfação com que recebeu a aprovação do seu nome para continuar à frente da Corregedoria.

A vaga é aberta para ampla concorrência dos defensores públicos, sendo realizada eleição formal. “Esses dois primeiros anos de atuação profissional foram de crescimento e superação pessoal e profissional, priorizamos por orientar sem desprezar a fiscalização, tivemos que ser incisivos, muitas vezes, e outrora, com a sensibilidade aguçada para encontramos a solução à problemática existente”, registrou a Corregedora-Geral.

Em sua segunda gestão, a defensora pública reforçou o seu compromisso em “exercer um mandato com seriedade, dignidade, honestidade e ética, em harmonia e respeitosa sintonia com a Administração Superior, da qual me orgulho em integrar a fim de termos uma Instituição mais forte e preparada para os reais desafios que o futuro nos apresenta”, declarou.

Por Justiça Potiguar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner