Ministério Público de Contas pede que tribunal investigue atos de chefe da Secom - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

sábado, 18 de janeiro de 2020

Ministério Público de Contas pede que tribunal investigue atos de chefe da Secom


O Ministério Público de Contas, que atua perante o TCU (Tribunal de Contas da União), pediu à corte que investigue se o chefe da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República), Fabio Wajngarten, favoreceu emissoras de TV, entre elas clientes de sua empresa, ao distribuir verbas publicitárias, ferindo a lei de conflito de interesses e princípios constitucionais.

Em representação apresentada nesta sexta (17), o subprocurador-geral no TCU Lucas Rocha Furtado requer também uma medida cautelar, de cumprimento imediato, para que o rateio dos recursos entre os veículos seja feito com base em critérios de igualdade.

Por Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner