Bombeiros alertam para cuidados com crianças durante o recesso escolar devido ao coronavírus - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

sexta-feira, 20 de março de 2020

Bombeiros alertam para cuidados com crianças durante o recesso escolar devido ao coronavírus


Piscinas, tomadas e escadas são verdadeiros riscos para as crianças que querem se divertir em casa. Com as atividades escolares suspensas como uma das medidas preventivas para evitar a propagação do novo coronavírus (COVID-19), a probabilidade de um acidente doméstico se torna iminente. Por isso, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) alerta a população com dicas de prevenção no intuito de conter incidentes com crianças.

De acordo com dados levantados pela ONG Criança Segura, através do Ministério da Saúde, 40% dos óbitos por acidentes com crianças acontecem durante os recessos ou férias escolares. Para a capitã Martini, do Corpo de Bombeiros do RN, a atenção e as medidas preventivas adotadas pelos pais ou responsáveis são os principais meios de evitar esse tipo de ocorrência.

“No momento que a criança estiver em casa a atenção deve ser redobrada. Então é importante que a criança seja supervisionada pelos adultos, principalmente em residências que possuem piscinas e banheiras, pois o afogamento está entre as principais causas de mortes acidentais no Brasil”, disse.

As crianças escolhem brincadeiras que podem resultar em pequenos acidentes ou até podem provocar ocorrências mais graves como queimaduras, traumas e lesões. Além disso, o álcool gel, produto recomendado para uso constante durante a circulação de doenças respiratórias, também pode ser perigoso se tiver no alcance das crianças.

“Em tempos de pandemia, a prevenção é mais que necessária. A higiene é fundamental para evitar a contaminação de doenças, no entanto, os próprios responsáveis devem passar o álcool nas mãos das crianças. A recomendação é deixar qualquer produto de limpeza longe das crianças, por causa do perigo de ingestão e no caso do álcool por ser um material inflamável”, alertou a capitã Martini.
Confira abaixo alguns cuidados necessários:

Banheiro
  •     Mantenha a tampa da privada sempre fechada, se possível lacrada com algum dispositivo de segurança, ou deixe a porta do banheiro trancada;
  •     Nunca deixe a criança na banheira sem supervisão, nem mesmo por pouco tempo;
  •     Guarde utensílios afiados e aparelhos como lâminas de barbear, tesouras e secadores de cabelo;
  •     Tranque o armário de medicamentos, vitaminas, antissépticos bucais e demais produtos que ofereçam perigo de intoxicação.

Cozinha
  •     Mantenha sacos plásticos, fósforos, isqueiros, álcool, objetos de vidro, cerâmica e facas fora do alcance das crianças;
  •     Use as bocas de trás do fogão e certifique-se de que os cabos das panelas estejam virados para dentro para não serem alcançados pelas crianças.

Sala
  •     Cortinas com cordas podem trazer o risco de estrangulamento, especialmente para os menores;
  •     Cuidado com quinas afiadas! Prefira móveis com quinas arredondadas ou use protetor;
  •     Mantenha os móveis longe de janelas e cortinas. Eles podem ser usados para escalar;
  •     Instale grades ou redes de proteção em janelas, sacadas e mezaninos;
  •     Substitua fios elétricos desencapados e proteja tomadas com tampas, fita isolante ou mesmo móveis.

Quarto
  •     Evite posicionar camas e qualquer outro móvel perto da janela. Eles podem ser usados para escalar;
  •     Evite brinquedos com pontas afiadas, como flechas, e os que produzem sons altos;
  •     Mantenha os móveis longe de janelas e cortinas.

Lavanderia e garagem
  •     Após utilizar baldes e bacias, esvazie-os, guarde-os virados para baixo e longe do alcance das crianças;
  •     Produtos de limpeza devem ser guardados em lugares altos ou trancados. Além disso, deve-se mantê-los em seus recipientes originais para não confundir as crianças;
  •     As garagens não são locais seguros. Ao manobrar o carro, certifique-se de que não há nenhuma criança por perto;
  •     Lembre-se de trancar o carro, especialmente o porta-malas, e manter as chaves e controles automáticos longe do alcance das crianças. Elas podem entrar no veículo, soltar o freio de mão ou mesmo ficar presas lá dentro.

Piscina
  •     Quando a criançada for usar a piscina, a supervisão de um adulto o tempo todo é essencial;
  •     Esvazie piscinas infantis após o uso e as guarde longe do alcance das crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner